Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Intolerância à lactose – causada pela deficiência da enzima responsável pela hidrólise da lactose, a lactase.

A lactose é um carboidrato (açúcar) presente no leite de vaca e outros animais como búfala, assim como em seus derivados como queijo, iogurte, manteiga, sobremesas lácteas e creme de leite.

Alguns indivíduos apresentam um distúrbio nesta digestão, denominado de intolerância à lactose, causada pela deficiência da enzima responsável pela hidrólise da lactose, a lactase.

Este distúrbio manifesta-se na forma de uma má absorção da lactose presente no leite e derivados. Como nesses casos ela não é absorvida, chega intacta ao intestino grosso, causando grande fermentação, podendo causar grande desconforto abdominal, náusea, inchaço, fezes amolecidas, diarreia e até sintomas extra intestinais como falta de apetite e enxaqueca. Normalmente, estes sintomas iniciam por volta de 30 minutos a 2 horas após o consumo de algum alimento contendo lactose.

O tratamento é feito à base de restrições alimentares de leite e todos os seus derivados que contenham lactose. Depois é possível testar a reintrodução para ver a tolerância de cada pessoa para cada tipo de alimento.

Por exemplo, alimentos fermentados, como queijos amarelos e bem maturados, assim como iogurtes contém, usualmente, quantidades menores de lactose e são melhor tolerados.

Leite puro, leite condensado e doces à base de leite possuem quantidades maiores. Em queijos frescos, o percentual é intermediário, já são menos tolerados.

Produtos com o rótulo “zero lactose” na realidade contém a enzima entre os ingredientes, ajudando na “quebra” desta lactose. Porém, para indivíduos muito sensíveis, podem causar sintomas mesmo assim. Nesses casos o ideal é consumir alimentos sem nenhum componente do leite ou seus derivados, como leite, iogurte, queijos etc.

Caso você sinta algum desconforto com estes alimentos ou tenha interesse em saber, procure um médico e um nutricionista para te auxiliar, já que existem exames específicos para o diagnóstico. É importante você ter o acompanhamento para saber como consumir alimentos fontes de cálcio e conviver com a intolerância da melhor forma possível.

Fonte bibliográfica:

https://www.scielo.br/j/ramb/a/LzYNt4zJkPy4rMznyctzRwM/?lang=pt#

https://www.scielo.br/j/csc/a/4Qh3Rd46QRJky4nnvqWHrPk/?lang=pt

Ver todas

Seu mel cristalizou? Desfrute!

Com a sequência de dias frios, é provável que seu mel tenha cristalizado. A cristalização é originada pelos açucares dos méis e varia sua intensidade